História do Tai Chi

 
 
Por: Dr. Paul Lam

© Direitos Autorais Tai Chi Productions 2007. Todos os direitos reservados, nenhuma parte deste artigo pode ser reproduzida de qualquer forma ou por qualquer meio, sem permissão por escrito, exceto para fins educacionais sem fins lucrativos. Por exemplo: você pode fotocopiar este artigo para um amigo, estudante pagante ou participante da conferência, desde que este artigo não seja incluído como parte de sua cobrança.

Sinopse:
O Tai Chi é uma das artes marciais mais conhecidas dos sistemas internos da China antiga. Com base em Qigong e técnicas de arte marcial de milhares de anos atrás, Chen Wangting desenvolveu Chen Style Tai Chi em torno de 1670. Caracteriza-se por movimentos contrastantes e complementares: lento e suave versus rápido e rígido. Contém potência explosiva e posições baixas. O estilo Chen é mais difícil e fisicamente exigente do que o estilo Sun; assim, não é o melhor estilo para começar se você tiver artrite.

Yang Lu-chan aprendeu Tai Chi na aldeia de Chen. Ele mais tarde o modificou com posições mais elevadas, movimentos suaves e lentos, tornando-o muito mais adequado para mais pessoas.

Do estilo de Yang e Chen, três outros estilos principais foram desenvolvidos - Wu, Hao e Sun. Cada um desses estilos compartilha princípios essenciais semelhantes, mas contém diferentes características e características. Sun, o estilo mais recente, é mais adequado para pessoas com artrite.

Introdução

Tai Chi, também conhecido como Shadow Boxing, é um dos principais ramos das artes marciais chinesas tradicionais. Seu nome é derivado do termo filosófico “Tai Chi”, a primeira referência escrita conhecida da qual apareceu no Livro das Mudanças sobre 3000 anos atrás, durante a Dinastia Zhou (1100-1221 BC). Neste livro, diz que “em todas as mudanças existe o tai chi, que causa os dois opostos em tudo”. O tai chi significa o último dos últimos, geralmente usado para descrever a vastidão do universo.

Os princípios essenciais do Tai Chi baseiam-se na antiga filosofia chinesa do taoísmo, que enfatiza o equilíbrio natural em todas as coisas e a necessidade de viver em acordo espiritual e físico com os padrões da natureza. De acordo com esta filosofia, tudo é composto de dois elementos opostos, mas inteiramente complementares, de yin e yang, trabalhando em um relacionamento que está em equilíbrio perpétuo. Tai Chi consiste em exercícios igualmente equilibrados entre yin e yang, e é por isso que é tão extraordinariamente eficaz.

Yin e yang são opostos polares e são encontrados em todas as coisas da vida. Na natureza, tudo tende a um estado natural de harmonia. Da mesma forma, yin e yang estão sempre em equilíbrio total. Conceitos como soft, flexível, cedente e feminino estão associados ao yin, enquanto conceitos como rígidos, rígidos e masculinos estão associados ao yang. Ambos os lados se complementam completamente e juntos formam um todo perfeito. As coisas perfeitamente equilibradas e em harmonia estão em paz; estar em paz leva naturalmente à longevidade. Uma pessoa perfeitamente harmonizada irá mostrar esse equilíbrio e completude por sua tranqüilidade e tranqüilidade de espírito.

The Beginning
É quase impossível separar a história da arte marcial chinesa da lenda. As legendas possuem mensagens interessantes e úteis; assim, vou compartilhar algumas com você.As origens reais do Tai Chi são obscuras. As contas mais românticas e místicas remontam ao 15th, 12th ou até mesmo ao século 8th. 1figura lendária, Zhang Shanfeng, foi um famoso sacerdote taoísta no século 15. Ele acreditava possuir habilidade super-humana e imenso poder interno.

Menos romanticos, mas mais confiáveis, relatos de Tai Chi, datam de Chen Wangting, uma Guarda Real do século XNUM X da vila de Chen, no condado de Wenxian, província de Henan. Depois de se retirar do exército, ele ficou atraído pelos ensinamentos do taoísmo, que o levaram a uma vida simples de agricultura, estudo e ensino de artes marciais.

Estilo Chen

Nos 1670, Chen Wangting desenvolveu várias rotinas de Tai Chi, que incluíram a forma antiga (estilo clássico Chen), ainda praticada hoje. Ele foi muito influenciado por escolas de boxe, particularmente a de um famoso general do exército imperial, Qi Jiguang. Qi Jiguang escreveu um livro importante sobre treinamento militar chamado Boxe em formulários 32. Talvez mais significativamente, Chen Wangting assimilou as antigas técnicas filosóficas de Daoyin e Atum em suas rotinas de arte marcial. Essas técnicas, juntamente com o uso da clareza da consciência, se desenvolveram na prática do taoísmo.Daoyin é o esforço concentrado da força interior, enquanto o atum é um conjunto de exercícios de respiração profunda. O atum se desenvolveu recentemente nos populares exercícios de Qigong. Ele também adapta o núcleo filosófico da Medicina Tradicional Chinesa. Combinando exercícios de arte marcial, a prática de Daoyin e Atum e Medicina Tradicional Chinesa, o Tai Chi tornou-se um sistema completo de exercício no qual a concentração mental, a respiração e as ações do praticante estão intimamente ligadas. Isso abriu o caminho para o seu uso atual como uma forma ideal de exercício para todos os aspectos dos cuidados de saúde. Desde então, o estilo Chen foi mantido quase em sigilo dentro de sua aldeia. O clã ensinou o Tai Chi às suas noras, mas não às suas filhas, para que não tirassem a arte do lado de fora da aldeia (não existia divórcio naqueles dias!).

Em seus últimos anos, Chen Xin, membro da geração 16 da família Chen, escreveu e ilustrou um livro detalhado sobre a escola Chen do Tai Chi. Nele, ele descreveu as posturas e movimentos corretos, e explicou os antecedentes filosóficos e médicos das rotinas. Isso não foi, no entanto, publicado até 1932, depois de Chen Fake, um bisneto do célebre Chen Changxing, ensinou o Tai Chi estilo Chen fora de Chen Village.

Chen Fake, que era da geração 17 da família Chen, foi um dos mais bem sucedidos e, possivelmente, o maior líder do Tai Chi, estilo Chen. Houve muitas histórias sobre sua incrível proeza no Tai Chi, e também sobre sua disposição quase perfeita: Ele foi universalmente bem-gostado, não fazendo inimigos durante os anos 29 que ele viveu e ensinou em Pequim até sua morte em 1957.

Chen Fake era o filho mais novo de sua família e seu pai tinha idade de 60 quando nasceu. Seus dois irmãos mais velhos morreram em uma epidemia e, como resultado, Chen Fake ficou muito mimado. Ele também era bastante fraco e, porque ele estava estragado, nunca foi forçado a praticar Tai Chi. Chen Fake também era preguiçoso e, embora soubesse que Tai Chi melhoraria sua saúde, ele não se incomodava em praticá-lo. No momento em que Chen Fake tinha idade de 14, ele era o estoque rindo de sua aldeia. Seu pai, por outro lado, foi reconhecido na aldeia como um líder e o praticante mais altamente qualificado do Tai Chi. Quando Chen Fake envelheceu, ele começou a se sentir envergonhado, percebendo que ele estava deixando seu pai cair. Ele decidiu tentar alcançar seu primo, que era altamente pensado por sua habilidade, força e experiência em Tai Chi. Mas, não importa o quanto Chen Fake tenha melhorado, seu primo melhorou em igual quantidade. Chen Fake começou a se preocupar que ele nunca alcançaria seu primo.

Então, certo dia, enquanto Chen Fake e seu primo caminhavam pelos campos, seu primo lembrou-se de que haviam deixado algo para trás e disseram a Chen Fake: “… Corra de volta e pegue-o. Andarei devagar para que você possa me acompanhar. Enquanto Chen Fake corria de volta para conversar com seu primo, de repente lhe ocorreu que, se ele praticasse mais do que seu primo, acabaria por alcançá-lo. A partir daí, Chen Fake usou todos os minutos disponíveis para praticar. Logo, ele melhorou tanto em força e técnica que ele foi capaz de bater seu primo em uma luta de sparring. Seu pai estava fora de casa naquela época por cerca de 3 anos, então a melhora espetacular de Chen Fake não poderia ter sido atribuída a qualquer treinamento especial dele. Pelo contrário, foi o resultado do incrível número de horas que ele colocou em prática.

Chen Fake ensinou milhares de estudantes durante seus anos em Pequim. Muitos começaram o Tai Chi a melhorar sua saúde ou mesmo a curar uma doença específica. Estudantes famosos de Chen Fake incluíram Tian Xiuchen, Hong Junsheng, Liu Ruizhan, Tang Hao, Gu Liuxin, Lei Mumin, Li Jinwu, Feng Zhiqiang e Li Zhongyiun.

O estilo Chen caracteriza-se pela ênfase na força espiral. Seus movimentos são semelhantes a outras artes marciais. Movimentos lentos e suaves se misturam com os rápidos e os duros. Também é caracterizada por poder explosivo e posições baixas. Chen Style é rico em técnicas de combate que são práticas e eficazes, tornando-se mais adequado para pessoas mais jovens.

Estilo Yang

Yang Style Single Whip por 90 anos Mr LumEstilo Yang é o mais popular. Yang Lu-chan (1799-1872) criou no início do século 19th. Quando jovem, Yang amava artes marciais e estudava com muitos mestres famosos. Um dia, ele brigou e foi derrotado por um descendente da aldeia de Chen. Ele era fascinado pela maneira incomum de seu oponente: seus movimentos suaves, semelhantes a curvas, mas poderosos, eram totalmente diferentes dos estilos predominantemente duros de arte marcial da época. Yang estava tão ansioso para aprender a arte que fingiu ser um mendigo de fome e desmaiou na porta da frente do ancião da aldeia de Chen. Ele foi resgatado e aceito como servo na casa dos Chen. Yang acordou à noite para aprender a arte através de uma rachadura na parede enquanto outros praticavam. Ele logo se tornou um praticante altamente qualificado. Mais tarde, quando Yang foi descoberto, ele poderia ter sido legalmente executado por seu comportamento naqueles dias, mas o ancião da vila ficou tão impressionado com a habilidade de Yang que ele formalmente o aceitou como estudante.

Mais tarde, Yang deixou a aldeia, viajando pela China, para ensinar a arte. Ele ganhou uma grande reputação e foi nomeado, "Yang, o Invencível". Yang eventualmente desenvolveu seu próprio estilo, que ele ensinou a um grande número de pessoas, incluindo membros da Corte Imperial. O estilo Yang caracteriza-se por movimentos suaves, graciosos e lentos, que são mais fáceis de aprender e promover a saúde. O estilo Yang tornou-se bastante popular nos tempos modernos.

Estilo Wu (também conhecido como estilo Hao)
Há algumas palavras chinesas que têm significados inteiramente diferentes, mas compartilham um som similar; portanto, suas grafias pinyin são as mesmas. Este "Wu" é diferente do próximo estilo Wu em chinês. Também é conhecido como Hao Style. Foi criado por Wu Yuxiang (1812-1880) e passado para Hao Weizheng (1849-1920), que contribuiu significativamente para o estilo. 

Hao não é um estilo bem conhecido. Seus criadores estudaram o estilo Yang e Chen. Hao é caracterizado por movimentos lentos e internamente soltos, que são muito unidos na aparência externa. Grande ênfase é colocada na força interna e no posicionamento correto. Movimentos externos e a transferência do substancial e insubstancial são controlados pelo poder interno. Ao olhar para um praticante de alto nível que executa o estilo Hao, ele parece maior e mais arredondado, como se o poder interior se estendesse além da forma física externa.

Wu Style
Wu Quan-you (1834-1902), e mais tarde seu filho Wu Jian-quan (1870-1942), criaram este outro estilo Wu; caracteriza-se pela suavidade e ênfase no redirecionamento da força de entrada. É rico em técnicas manuais. O estilo Wu tende a ter uma postura ligeiramente inclinada para a frente.A vantagem do Wu Style é que é agradável de se ver e é rico em técnicas. 

Estilo do sol

Estilo Tai Chi Sun na Noruega 2005O estilo do sol é o mais novo dos estilos principais. Foi criado por Sun Lu-tang (1861-1932). Sun era um conhecido expoente do Xingyiquan e do Baguaquan (dois famosos estilos internos de artes marciais) antes de aprender o Tai Chi. Em 1912, Sun encontrou-se com Hao Weizheng (veja o estilo de Hao), que estava doente. Sem saber quem era Hao, Sun gentilmente cuidou dele ao encontrar um hotel e um médico. Depois que Hao se recuperou de sua doença, ele ficou na casa de Sun para ensiná-lo Tai Chi.

Sun criou mais tarde seu próprio estilo, caracterizado por etapas ágeis. Sempre que um pé se move para frente ou para trás, o outro pé segue. Seus movimentos fluem suavemente como um rio, e há um poderoso exercício Qigong sempre que a direção é alterada. Sun Style tem altas posições.

O único Qigong no estilo Sun traz grande poder interno, como água no rio, bainha da superfície calma há imenso poder dentro da corrente. Este poder é especialmente eficaz para a cura e relaxamento; suas posturas mais altas facilitam o aprendizado das pessoas mais velhas. Também é compacto, não exigindo um grande espaço para praticar. O Sol tem tanta profundidade que detém o interesse dos alunos à medida que progridem.
 
Todos os programas Tai Chi para Saúde da minha equipe contêm movimentos no estilo Sun por sua eficácia e segurança. O fluxo de Qi é uma sensação agradável de que um praticante adquira mais rápido de aprender esse estilo.
 
CONCLUSÃO
Existem muitos mais estilos e formas Tai Chi, além dos mencionados acima. Os numerosos estilos e formas do Tai Chi podem ser esmagadores para praticantes principiantes e avançados. Os leitores devem ver as muitas formas como uma oportunidade para fazer escolhas, e não como uma série de confusão.

O tai chi pode ser simples e fácil se você definir suas metas e objetivos. Por exemplo, se você deseja aprender Tai Chi apenas por seus benefícios de saúde (em vez de autodefesa), aprender oTai Chi para o programa de artritecom o conjunto de movimentos 12 é simples e eficaz. Mais de um milhão de pessoas por 2007 gostou de aprender este conjunto e ganhou benefícios para a saúde.

O futuro
Desde o século 19, os chineses entenderam os imensos benefícios para a saúde do Tai Chi, e sua popularidade cresceu de forma constante. Agora, Tai Chi é praticado em quase todos os cantos do mundo. Hoje é um dos exercícios mais populares com mais de 300 milhões de participantes.Como estamos sobrevivendo mais que nossos ancestrais, doenças crônicas como artrite e diabetes afetam mais de nós, diminuindo a qualidade de nossas vidas. Evidências científicas e epidemiológicas crescentes indicam que o exercício é essencial para a prevenção e o manejo dessas doenças crônicas. Muitos estudos mostraram que o Tai Chi pode fornecer muitosbenefícios para a saúde.

A popularidade do Tai Chi dará outro salto quântico à medida que mais pessoas experimentem seus prazeres e benefícios.

Bibliografia:
Tai Chi para iniciantes e os formulários 24 pelo Dr. Paul Lam e Nancy Kayne. Publicado por Limelight Press 2006

 
 
Xing Yi Quan Xue: O Estudo da Forma-Mind Boxing por Sun Lu Tang. Traduzido por Albert Liu. Publicado por High View Publication, Pacific Grove, CA.
 
Artigos relacionados: